Game of Thrones Temporada 7 Episódio 7: O Dragão e o Lobo

Game of Thrones Temporada 7 Episódio 7: O Dragão e o Lobo

Sinopse Game of Thrones Temporada 7 Episódio 7, O Dragão e o Lobo (The Dragon and The Wolf): Tyrion tenta salvar Westeros do inverno e a longa noite que se aproximam reunindo sua irmã Cersei, Daenerys e Jon Snow na capital.

Sansa questiona a lealdade dos que a rodeiam e o conflito com Arya promete muitas surpresas em Winterfell.

Sam e Bran, o Corvo de Três Olhos, se reúnem e estão a ponto de revelar um segredo que mudará a história de Westeros para sempre.

Muitas surpresas e revelações esperam os fãs de Game of Thrones no último episódio da temporada 7. Você pode conferir este e todos os episódios da série em nosso Grupo do Facebook.

 

 

Resumo do Episódio 7 da Temporada 7 de Game of Thrones

Jaime e Bronn examinam a formação de Imaculados e Dothraki fora dos muros da cidade de Porto Real. Finalmente no episódio 7 da penúltima temporada de Game of Thrones, as duas rainhas, Cersei e Daenerys, vão se encontrar para discutir o futuro dos 7 reinos.

Tyrion, Jon e o resto dos partidários de Dany viajam para a capital na nau capitânia de Daenerys; abaixo do convés, o Cão inspeciona a caixa trancada que contém a criatura capturada.

Bronn chega com Brienne e Podrick para escoltar a assembleia de Daenerys para o local da reunião, o Poço dos Dragões.

Comitiva de Daenerys em Porto Real

Pod, Tyrion e Bronn aproveitam a caminhada para se reconectar como nos velhos tempos. Brienne conversa com o Cão e lhe conta que Arya está viva e segura em Winterfell.

Os convidados coletivamente entram no poço e tomam seus lados. Cersei entra na arena com seu séquito. O Cão imediatamente reconhece seu irmão, Montanha.

Todos observam a rainha de Westeros enquanto ela caminha para seu assento. Ela por sua vez passa por Tyrion lançando um olhar de completo ódio. Impaciente, Cersei pergunta por Daenerys e pouco depois a Última Targaryen faz sua entrada montada em Drogon.

 

A Honestidade de Jon Cria Problemas

Com todas as partes presentes, Tyrion abre a reunião, mas é interrompido por insultos de Euron. Cersei acalma o rei Ironborn, e Tyrion continua.

Em seguida Jon expõe a real situação: “Há apenas uma guerra que importa: a Grande Guerra. E é aqui”. Para comprovar a seriedade do problema, o Cão solta a criatura da caixa que vai correndo direto em direção a Cersei. A rainha recua, enquanto o Cão empurra a criatura para trás e a corta em dois.

Caminhante Branco Ataca Cersei

Euron anuncia que planeja navegar para as Ilhas de Ferro e esperar a guerra, já que as criaturas não podem nadar, e sugere que Daenerys faça o mesmo: “Quando o inverno acabar, seremos os únicos sobreviventes”, diz ele e sai.

Cersei aceita a oferta de uma trégua, com uma condição: Jon Snow deve prometer não escolher lados na guerra pelo Trono de Ferro. Mas Jon confessa que ele já se comprometeu com a Casa Targaryen.

“Então não há mais nada para discutir” – Cersei Lannister.

Tyrion e Daenerys concordam que a decisão de Jon de não mentir à Cersei causou mais dano, e apesar de estarem agradecidos com sua lealdade acham que ele poderia ter mentido.

 

Reconciliação Entre Irmãos?

A única esperança para uma trégua agora recai sobre Tyrion. Depois de muito tempo afastado de Cersei, ele tem que enfrenta-la no último episódio da temporada 7 da série.

Ele vai até o escritório de Cersei para conversar com sua irmã e discutem todos os assuntos pendentes entre eles. Desde o assassinato de seu pai até a tristeza de Tyrion pela morte de Myrcella e Tommen.

A rainha se recusa a aceitar os pêsames de Tyrion e acredita que seu irmão esteja disposto a destruir a família. Tyrion se irrita e pede que Cersei acabe com ele ali mesmo, mas ela não o faz.

Eles voltam a conversar sobre a ameaça do Rei da Noite e Tyrion percebe os gestos sutis de Cersei sobre seu estômago e descobre que ela está grávida.

Enquanto isso, Dany examina o poço do dragão e discute a história de sua família com Jon. Ela conta sobre a profecia feita pela bruxa de que ela não terá filhos, e ele brinca com ela sobre essa “fonte confiável de informação”.

Tyrion retorna junto com Cersei e sua guarda real. A Rainha dos Sete Reinos declara que os exércitos Lannister marcharão ao lado dos demais e ajudarão na Grande Guerra contra os Caminhantes Brancos.

Tyrion e Jaime se Encontram

 

Os Preparativos para a Grande Guerra

Estudando o mapa de Pedra do Dragão, Jon, Daenerys traçam seus planos de seguir para o norte. Daenerys decide navegar com Jon para enviar uma mensagem clara de aliança aos nortistas.

Logo após a reunião Theon se aproxima de Jon e confessa que sempre quis fazer a coisa certa, mas sentiu-se preso em sua lealdade tanto aos Starks quanto aos Greyjoys.

Apesar da raiva Jon simpatiza com Theon e diz a ele que não é preciso escolher. Theon percebe que ele tem que tentar resgatar a pessoa que uma vez tentou resgatá-lo: Yara.

Não para mim. Para Yara. – Theon Greyjoy

Theon vai ao encontro dos Ironborn reunidos em Pedra Dragão leais a Yara e os convoca para ir atrás de sua irmã. Mas Harrag – quem não gostou da decisão de Theon de fugir do ataque de Euron – o confronta em uma luta brutal.

Theon se levanta a cada vez que é derrubado pelo grande homem. Depois de apanhar muito, Theon finalmente derruba o homem no chão e bate nele até a morte. Os Ironborn, agora com respeito a Theon, seguem seu príncipe para o mar ao resgate de Yara.

Luta Theon Greyjoy e Harrag

Em Porto Real a Rainha Tem Outros Planos

Cersei chama Jaime dos generais Lannister para revelar que seu compromisso de lutar ao lado de Jon e Dany ao norte era uma mentira.

Jaime fica chocado e tenta convencê-la do contrário dizendo que mesmo que eles esperem a Grande Guerra terminar, eles não podem vencer Daenerys e seus dragões. Cersei aponta que um dragão estava faltando na exibição de Daenerys, e conclui que devem estar vulneráveis.

Além disso, eles têm o Banco de Ferro ao seu lado e revela que a saída do Euron da reunião foi uma estratégia. Na verdade, o rei das Ilhas de Ferro está navegando rumo a Essos para buscar a Companhia Dourada que ela contratou como mercenários.

Irritado, Jaime diz a sua irmã que ele planeja manter sua promessa. Já sem a sua armadura Lannister, ele monta um cavalo rumo ao norte enquanto a neve começa a cair sobre Porto Real.

 

Julgamento em Winterfell

Um corvo solitário atravessa a nevasca e se dirige para Winterfell. Dentro do escritório de Jon, Sansa discute o novo pergaminho com Mindinho – Jon dobrou o joelho para Daenerys Targaryen.

Littlefinger ressalta que ambos os governantes são jovens e solteiros, e sugere que uma aliança faria sentido. Sansa argumenta que sua irmã, Arya, agora é uma assassina treinada e nunca concordaria com isso.

Mindinho sugere que Sansa jogue um pequeno jogo: assumir o pior cenário ao avaliar os motivos de uma pessoa. Ele lentamente ajuda Sansa a concluir que Arya pode querer se tornar a Senhora de Winterfell.

Sansa convoca Arya a comparacer ao grande salão. Bran a acompanha sentado ao seu lado na mesa alta. Lorde Royce, os Cavaleiros do Vale e os soldados Stark também ocupam a sala. Mindinho observa todo o processo de longe encostado na parede.

Sansa começa a reunião, que mais parece um julgamento, citando as acusações de assassinato e traição. Lord Baelish acredita que as acusações são para Arya, mas é pego de surpresa quando solicitado a responder às acusações e luta para se defender.

Sansa continua expondo seus crimes:

  • O assassinato de Lysa Arryn;
  • Conspiração para assassinar Jon Arryn;
  • Traição a Ned Stark e inicio o conflito entre os Starks e os Lannisters.

O Mindinho nega, até que Bran recorda as palavras exatas que Littlefinger disse enquanto segurava uma faca no pescoço de Ned: “Eu avisei para você não confiar em mim”.

Eu sou um aprendiz lento, é verdade. Mas eu aprendo. – Sansa Stark

Sansa agradece a Littlefinger pelas lições que ele lhe ensinou, e Arya dá um passo à frente para fender sua garganta com seu punhal valiriano.

Julgamento de Mindinho em Winterfell

 

A Rebelião de Robert foi construída sobre uma mentira. – Bran Stark

Sam e sua família chegam a Winterfell. Sam se aproxima de Bran, que diz que agora ele é o Corvo de Três Olhos e pode ver tudo.

Bran deve dizer a Jon que ele não é uma Snow, mas um Sand – a criança bastarda de Lyanna Stark e Rhaegar Targaryen. Sam, percebendo o erro, revela o conteúdo dos diários de Septon Maynard: o casamento de Rhaegar com Elia Martell foi anulado, o septão se casou com Lyanna e o príncipe Targaryen em segredo.

Usando sua visão, Bran assiste ao casamento e percebe que os dois estavam apaixonados; a rebelião foi construída sobre uma mentira. Ele retorna ao nascimento de Jon na Torre da Alegria e ouve Lyanna sussurrar para Ned o nome de seu filho, “Aegon Targaryen”.

Casamento Targaryen e Stark

Enquanto a comitiva de Daenerys segue para o norte, Jon bate e entra nos aposentos de Dany. O par faz amor. Do corredor, Tyrion fecha a porta antes de voltar para seu próprio quarto.

Um chifre toca três vezes. Emergindo da floresta congelada, o Exército dos Mortos chega a Atalaiaeste. Tormund e Beric assistem horrorizados enquanto o Rei da Noite, cavalgando em Viserion, usa o dragão para explodir fogo azul na parede gelada.

Pedaços da Muralha começam a desmoronar, enquanto Tormund e seus selvagens correm. O dragão de gelo continua até que uma brecha se abra na Muralha de Gelo, larga o suficiente para o enorme exército entrar no reino dos homens.

O episódio 7 da sétima temporada de Game of Thrones traz revelações e deixa o público ainda mais intrigado para a Temporada 8.